A história de um Milagre ... Bianca Toledo

Olá meninas !!! Hoje quero dividir com vocês a história de uma valente de Deus, uma história que particularmente mexeu muito comigo e me fez repensar tudo o que eu tenho vivido até hoje.
Me senti na obrigação de compartilhar com vocês a trajetória de vida da Bianca que hoje em dia prega por todo o Brasil contando quão grandes maravilhas o Senhor fez na vida dela.

A Bianca é cantora (ficou conhecida no Raul Gil) e aos 31 anos, em 2010 teve um encontro com a morte. Ficou meses em coma após ter uma sepse com falência múltipla de órgãos. Nesse período ela chegou a pesar mais de 120 kg de líquido e dependia essencialmente de máquinas para mantê-la viva. Mas a recuperação foi completa, inclusive na área amorosa.

Conheci a história da Bianca através de vários vídeos que encontrei na internet e passei a admira-la. Ela serve de testemunho do grande poder de Deus em nossas vidas.

O texto abaixo é um pouco grandinho, mas vale a pena conferir o grande milagre realizado na vida desta grande mulher de Deus. (o texto relata a experiência de Bianca e foi retirado do blog http://www.umaveznoivasemprenoiva.com.br/).
Será impossível não se emocionar !!!

"Sempre tive o sonho de ser mãe... Porém na adolescência descobri uma endometriose, que, na época, foi tratada, mas ainda assim me impedia de engravidar. Mudei para o Rio de Janeiro no início de 2010 e descobri a maravilhosa surpresa: a maternidade, a maior emoção de minha vida. Logo nos primeiros meses, soube que esperava um menino. Na 36ª semana, 15 dias antes da data agendada para o parto, acordei com uma dor abdominal aguda, acreditando que chegara a hora de ter o bebê. Corremos para a maternidade, e, chegando lá, não eram sinais de parto, algo havia acontecido e ninguém sabia o que era. 

José Vittorio nasceu no dia 11 de outubro, mas eu já estava inconsciente no parto e não pude conhecer meu filho. Meu organismo entrou em choque logo após o parto e fui submetida imediatamente a uma cirurgia que confirmou: meu intestino havia se rompido e eu tinha uma sepcemia generalizada. Todo meu organismo havia sido infectado e a minha vida ficou por um fio.

Meu filho foi para UTI Neonatal, e 10 dias depois para casa. Eu permaneci 52 dias em coma lutando diariamente pela vida, desenganada pelos olhos naturais, visto que já havia passado por 10 cirurgias no abdomem e no pulmão, feito mais de 300 transfusões de sangue, tido duas paradas cardíacas – uma de mais de 8 minutos – e contraído inúmeras bactérias hospitalares, inclusive a pior delas, a super bacteria multi-resistente chamada KPC. Inúmeros antibióticos fortíssimos foram ministrados, me deixando desfigurada e com um quadro de edema generalizado. Os sistemas cardiovascular, respiratório e renal estavam falidos. A única esperança era um verdadeiro milagre. 

Os boletins médicos eram divulgados na internet diariamente e igrejas de todo o Brasil e de fora dele, se uniram em um clamor incessante pela minha vida. No início de dezembro, sai do coma, mas minha respiração era mecânica e não havia mais movimentos em meu corpo. Eu somente mexia os olhos e tentava entender o que havia acontecido comigo. A luta pela vida continuava.Havia uma guerra pela minha vida, isso é um fato. Mas Deus não desistiu de mim. O clamor não cessava.

Fui transferida novamente de hospital em 31 de dezembro, quando suspenderam todos os medicamentos, meu organismo surpreendentemente reagiu. Eu me comunicava através de um quadro com letras, onde apontava e formava frases, que na maioria das vezes diziam: Tenho fome, tenho sede. Estava há meses sem um gole de água e sonhava com o dia em que voltaria a ingerir alguma coisa. Vivemos milagres diários, vencemos as bactérias e o respirador. Meu rim estava fadado à hemodiálise definitiva ou um transplante e voltou a funcionar na última semana, me fazendo vencer também a hemodiálise. 

Recebi alta no dia 18 de fevereiro conseguindo ficar em pé e dando poucos passos apoiada, mas com a maior expectativa de finalmente ver meu filho, que já tinha quase cinco meses. Eu ainda não podia tocá-lo, e permaneci assim por mais 40 dias. Não podia ser tocada por ninguém, por causa da colonização das bactérias Reaprendi a vida nos mínimos detalhes. A perda dos cabelos, a perda da voz, as inúmeras marcas no meu corpo, a construção do vínculo com meu filho. 

Devo muito ao clamor da igreja, às campanhas de doação de sangue: à união do povo de Deus. Sou a prova viva de que Deus ouve a oração do seu povo e tem poder pra ressuscitar os mortos, Ele é poderoso para dar, tirar e voltar a dar. Ele simplesmente É. Em cinco meses de reabilitação de forma surpreendente estou independente, voltando à vida normal. Que certamente nunca mais será a mesma. Preparando minha voz com uma fonoaudióloga e ainda seguindo com a fisioterapia. Existe um caminho ainda para a recuperação total, mas é um caminho glorioso e cheio de milagres. Por onde passo as pessoas são tocadas por esta historia terrivelmente transformadora. E hoje eu preciso dizer ao mundo que Deus existe, envergonha a incredulidade, surpreende a ciência e eu sou a prova viva do Seu poder."



E não deixe de visitar o site da Bianca
http://biancatoledo.com.br/
Que Deus possa edificar a sua vida , assim como edificou a minha !!! 
Um super beijo 
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Que história em!
    http://ofantasticomundodairis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda né Iris !!! um exemplo para todos nós
      um super beijo , volte sempre

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...